Conflitos!!! Como Resolve-los no Casamento?


                            
                  Como Resolver Conflitos no Casamento?

Os problemas, divergências e conflitos no casamento fazem parte da vida dos casados. Quando duas pessoas se unem em matrimônio, é garantido que terão alguns conflitos. A origem cultural de cada um leva-os a terem experiências de vida diferentes, e quando se casam tem que ajustar essas diferenças.

E não só isso; há muitos outros fatores que levam o casal a terem, no decorrer da vida, alguns conflitos. Portanto, cada pessoa vai reagir de forma diferente diante dos desafios da vida.
Conflitos conjugais podem ser o desafio que ajuda a amadurecer e a ter um bom relacionamento; ou pode destruir o casamento, tudo vai depender da disposição, humildade, mansidão e boa vontade do casal em resolver o assunto. Com certeza Deus usa os costumes diferentes de um cônjuge para burilar o carácter do outro. A própria bíblia fala sobre isso. Veja este texto: “Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma.” Tiago 1:2-4

Sem dúvidas que o casamento é uma linda oportunidade que Deus deixou para desenvolver a paciência. Quando a nossa paciência cresce, isso mostra que estamos amadurecendo. É bom lembrar que o amor é paciente e bondoso. A natureza do amor verdadeiro é muito paciente e gentil, nunca invejoso ou ciumento; nunca soberbo, egoísta ou rude. O amor não procura a sua própria exigência. Não é exigente. Não guarda mágoas e nem sequer percebe quando os outros erram. É ingênuo! Ver Coríntios 13.

Qual é a prova do verdadeiro amor? A mulher percebe que ama verdadeiramente o seu marido quando ele tenta irritá-la. Será que ela vai ter um ataque de raiva? Será que ela vai pagar com mesma moeda? Mesmo que um dos cônjuges esteja errado no que ele ou ela diz ou faz, a resposta que o cônjuge insultado dá mostra quem realmente é. Ele tem uma escolha. Pode reagir de forma construtiva ou de forma negativa, demonstrando a sua raiva, seu sentimento de injustiça e seu orgulho ferido. É aqui que a maioria dos casados erra. Em vez de buscar o conselho de Deus para responder com amor e paciência, revela apenas o lado carnal e humano. É neste ponto que tem início os conflitos, separações e divórcios.

A Bíblia traz o exemplo de uma mulher que tinha todas as razões para estar zangada com o seu marido, de ser rude e de repreendê-lo; mas ela não agiu assim. O que ela fez? Ela escolheu ser uma pacificadora. Seu nome era Abigail e seu marido era Nabal. Essa história é encontrada em I Samuel 25. Nabal fez uma coisa tola. Ele insultou os homens de Davi e foi rude com eles quando precisavam de ajuda. Davi ficou muito irritado e queria matar Nabal e todos os seus homens. Abigail, em vez de estar chateada com o marido e chamar-lhe a atenção pela estupidez que colocou a todos em perigo mortal, ela agiu de uma forma construtiva e salvou suas vidas!

O que tem ajudado casais a fortalecer o casamento? Um bom casamento é, sem dúvida, fruto de um trabalho árduo. Mas os resultados incluem imensa felicidade. Casais que se amam podem levar uma vida realmente feliz. Veja este texto: “Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol.” Eclesiastes 9:9. Considere o casamento de Isaque e Rebeca, em que havia amor: “E Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaque foi consolado depois da morte de sua mãe.” Gênesis 24:67. Mesmo depois de terem passado algum tempo juntos como marido e mulher, nada indica que seu afeto tenha diminuído. Pode-se dizer o mesmo de muitos casais hoje. Qual é o segredo? Eles aprenderam expressar seus pensamentos e sentimentos com franqueza, porém com bondade, por cultivarem e demonstrarem perspicácia, amor, profundo respeito e humildade. Quando essas qualidades, fundamentais, caracterizam um casamento as linhas de comunicação estão sempre abertas e reina a paz.

Para manter uma relação duradoura: “Exige coragem, determinação e resiliência.” Com Jesus tudo fica mais fácil.
Que Deus abençoe os Seus filhos e o seu casamento.

Texto:
Luís Carlos Fonseca


Sandro & Michelle
Casamento sarado
Email: casamentosarado@gmail.com
Tel:3003-3700 ( nacional)

Um comentário: