Casamento á prova de fogo







Olá amigos tudo bem com vocês ? Devido algumas pessoas precisarem de mais alguns dias para conseguir cumprir as proposta que já foram passadas ,eu pensei então em publicar um artigo referente a família que li e gostei muito.


Lembrando daremos continuidade as propostas para alcançar um casamento cada dia mais abençoado.


Bom ! Vamos dar inicio ao artigo de hoje.


No início do relacionamento, do namoro ou noivado, as coisas são mais simples, há menos responsabilidades e cobranças, a vida parece singela e com o amor no auge. Tudo é fácil de superar, porque o sentimento prevalece qualquer problema ou situação. A questão é que com o passar do tempo, depois do casamento, depois de vierem os filhos, depois de se ter uma casa e muitas contas a pagar, cria-se uma rotina e, às vezes, parece que aquele lindo e forte amor acabou.

Será mesmo que acabou ou você não tem o alimentado de maneira correta e agradável? Você se esqueceu que seu cônjuge e filhos são seu porto seguro? Esqueceu ou já ponderou: caso um dia você perca tudo, quem é que estará ao seu lado? Os amigos ou sua esposa, marido e filhos?


Uma família unida preenche vazios e a solidão. Num problema, o melhor a fazer é conversar e esforçar-se para melhorarem juntos, se assim não for, a casa pode desabar.

Medidas simples, mas constantes, podem salvar ou recuperar um casamento. É claro que será necessário esforço mútuo e, algumas vezes, um terá que se esforçar mais do que o outro. Mas a persistência deverá trazer bons resultados, o que não pode é deixar para lá ou desistir do seu casamento.

Pondere sobre o quanto sua família deve ser importante, os laços, os anos de convivência, as vitórias conquistadas juntos, os filhos ou netos, e todos os bons momentos construídos em família.

Avalie-se, olhe para si mesmo, observe como fala, como se expressa, como se porta, se resmunga demais, se reclama muito de seu cônjuge, se não dá muita atenção para ele, preocupa-se mais com o trabalho do que com a família. Busque valorizá-los, respeitá-los, dedique-se mais. Ao fim do dia, sente-se, dê um beijo na cabeça de seu parceiro, olhe nos olhos, pegue nas mãos, ainda que ásperas e calejadas, e perdoe. Não somos perfeitos, estamos aqui
para melhorar e aprender, mas se sentir confortável com os próprios erros e não se esforçar para mudá-los não lhe ajudará em nada. Seja mais presente.

Amor a gente não dá apenas nos momentos bons não, a gente deve dar sempre. Isso não só está ligado ao romantismo, ainda que esse seja um ponto necessário, mas tem a ver com entrega, confiança, amor sincero, vontade, desejo absoluto de fazer o outro feliz, e ninguém me convence que o tempo esfria o amor!

Como casal, vocês têm que demonstrar amor um pelo outro, abraçar mais, beijar mais, conversar mais, sorrir mais, ser tudo mais um para o outro, é ser total para o outro. Quando houver um problema, é pedir para conversar, é expressar suas necessidades individuais, é perguntar:

"Amor, o que posso fazer para ser melhor para você?" E não querer falhar dentro do lar, porque de nada adianta ter sucesso lá fora, quando sua casa está bagunçada ou destruída.

Seja sincero e demonstre confiança, verbalize isso, diga que compreende a "tal" urgência ou necessidade, mas que confia na pessoa. Expresse interesse.

Seja honesto com seu cônjuge, expresse seus problemas, o que aconteceu no seu dia, seja verdadeiro, não esconda nada. A mentira é algo terrível, e numa mentira nada sobrevive. Caso sinta-se culpado por algo que fez e deseja resgatar seu casamento, reúna forças e converse com a pessoa ofendida, diga o quanto sente, fale de seus arrependimentos, expresse que deseja o relacionamento entre vocês de volta e comprometa-se a não voltar a fazer o erro e fuja dos perigos, para mais uma vez não pôr em risco o que é de mais valioso na sua vida, sua família.


Talvez pareça tolice para muitos, mas a oração fornece forças para continuar e para resgatar ou mudar algo. Converse com Deus, peça Sua ajuda e instrução. Por sermos muito falhos, às vezes, não conseguimos enxergar as soluções, mas elas existem.

Nada bom pode ser perdido, a não ser que haja consentimentos de alguma parte. Um amor verdadeiro jamais deveria morrer.


"Nenhum sucesso na vida, compensa o fracasso de um lar." (David O. Mckay)

Extraido: Familia.com.br


Sandro & Michelle
3003-3700 (Central de Oração)

2 comentários: